• Procuradorias
  • PTM Cabo Frio
  • MPT em Cabo Frio realiza capacitação sobre Saúde e Segurança no Trabalho em diversos municípios da Região dos Lagos

MPT em Cabo Frio participa do “Dia D” para contratação de pessoas com deficiência

O objetivo do evento é fortalecer políticas de empregabilidade para pessoas com deficiência e facilitar o contato com as empresas

O Ministério Público do Trabalho (MPT) em Cabo Frio participará do evento do Dia Nacional de Inclusão Social e Profissional das Pessoas com Deficiência e dos Reabilitados do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), chamado de “Dia D”, no dia 23/8, na Associação Atlética Cabofriense.

O encontro trará um conjunto de ações para inserção de pessoas com deficiência no mercado de trabalho, com dicas para qualificação profissional, orientação jurídica, além de espaços de encontro para os candidatos e cerca de 20 empresas voluntárias, que também precisam cumprir cotas de inclusão previstas na Lei nº 8.213/91. Para o preenchimento das 51 vagas disponíveis, é importante que os candidatos levem currículo, documento de identidade, PIS, CPF, comprovante de residência, comprovante de escolaridade, laudo médico atualizado e Carteira de Trabalho e Previdência Social (CTPS). Para os reabilitados é importante ter, também, o certificado de reabilitação expedido pelo INSS.

No evento também serão prestados serviços, tais como emissão de CTPS e de segunda via de documentos pessoais. Também será disponibilizado um balcão de informações instalado pela Secretaria Municipal de Assistência Social de Cabo Frio para tirar dúvidas sobre obtenção de cadeiras de rodas, passe livre, entre outros.

Local do evento
Local do evento

A Procuradora do MPT em Cabo Frio, Cirlene Luiza Zimmermann, destaca que o evento é importante porque "cria um ambiente propício para a efetiva inclusão das pessoas com deficiência no mercado de trabalho, aproximando empresas e interessados nas vagas, afastando preconceitos e, principalmente, reforçando bons conceitos, em especial, o de que qualquer trabalho pode ser exercido por uma pessoa com deficiência, bastando que tenha a aptidão técnica para o exercício da atividade e que os ambientes públicos e privados sejam dotados de condições de acessibilidade. As barreiras para a inclusão, em geral, não estão nas pessoas com deficiência, mas na sociedade que não se esforça em diminuí-las ou superá-las." disse a procuradora.

Além do MPT em Cabo Frio, o “Dia D” tem apoio do Tribunal Regional do Trabalho da 1ª região (TRT/RJ), do Ministério da Economia - Gerência Regional do Trabalho em Cabo Frio, do Conselho Municipal das Pessoas com Deficiência de Cabo Frio, da Comissão de Direitos das Pessoas com Deficiência da Câmara Municipal de Cabo Frio, da Comissão dos Direitos das Pessoas com Deficiência da 20ª Subseção da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), da Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae), da Associação dos Surdos da Região dos Lagos (Asurlagos), da Associação dos Deficientes de Cabo Frio (Adecaf) e do Centro de Inclusão Social dos Deficientes Visuais da Região dos Lagos (CISDIV).

Serviço:
Dia: 23/08/19
Hora: das 9h às 16h
Local: Associação Atlética Cabofriense (Rua 13 de Novembro, nº 386, Centro de Cabo Frio).​

Assessoria de Comunicação • Ministério Público do Trabalho no Rio de Janeiro (MPT-RJ)
(21) 3212-2121 • (21) 9 9423-7936
prt01.ascom@mpt.mp.br
prt1.mpt.mp.br | Twitter: @MPTRJOficial | Facebook: MPTRJ.Oficial

Imprimir