• denuncias
  • peticionamento
  • mediacao
  • mov procedimentos
  • autenticidade de documentos
  • administracao publica
  • fraudes trabalhistas
  • liberdade sindical
  • meio ambiente
  • promocao igualdade
  • trabalho escravo
  • trabalho infantil
  • trabalho portuario
  • Trabalho infantil O FILME
  • MPT cadastra entidades para destinação de recursos
  • Acompanhe o MPT-RJ no Instagram!
  • Campanha “#NossoLugarÉLegítimo”: Vídeos e mensagens sobre racismo serão divulgadas nas redes sociais do MPT. Também será lançado banco de imagens com profissionais negros.
  • MPT lança desenho animado sobre trabalho infantil
  • MPT-RJ seleciona entidades para celebrar convênio de coleta seletiva
  • Edital convoca empregados e ex-empregados do Jornal do Brasil
  • Documentário expõe alto índice de mortes no trabalho. Clique para assistir.
  • MPT cadastra entidades para destinação de recursos

Atividades de capacitação vão debater políticas locais de acolhimento e integração de refugiados e migrantes

De 29 a 31 de outubro, o Rio de Janeiro (RJ) vai sediar uma mesa-redonda, um simpósio e treze minicursos e oficinas. Inscrições são gratuitas e vão até 21 de outubro

O Rio de Janeiro vai sediar, de 29 a 31 de outubro, atividades de capacitação destinadas aos atores envolvidos no acolhimento, na integração e na interiorização de refugiados e migrantes no Estado. Ao longo dos três dias, serão realizados uma mesa-redonda, um simpósio e treze minicursos e oficinas que têm como objetivo fomentar a discussão sobre a criação de políticas locais direcionadas a pessoas em situação de migração.

As inscrições são gratuitas e podem ser realizadas até as 12h do dia 21 de outubro. A participação dará direito a certificado. Veja o passo-a-passo de como realizar a inscrição.

Podem participar integrantes de comitês de acolhida e de grupos de trabalho sobre empregabilidade, gestores e equipes de abrigos, servidores públicos, organizações da sociedade civil envolvidas com a temática, estudantes, jornalistas, além de refugiados e migrantes. As atividades serão realizadas na Procuradoria Regional da Republica da 2ª Região (Avenida Almirante Barroso nº 54, Centro) e na Procuradoria da República no Rio de Janeiro (Avenida Nilo Peçanha, 31/513, Centro).

De acordo com dados da Organização Internacional de Migração (OIM) e da Casa Civil do Governo Federal, até junho de 2019, o Estado do Rio de Janeiro já havia recebido 445 venezuelanos interiorizados – 4,4% do total. A cidade Rio de Janeiro acolheu 82% (365) dessas pessoas, seguida pelos municípios Campos dos Goytacazes (33), Italva (33), São Gonçalo (7), Nilópolis (5) e Paraíba do Sul (2).

Mesa-redonda

Com o título “Vivências, experiências e necessidades de migrantes no Rio de Janeiro”, a mesa-redonda acontecerá no dia 29 de outubro, a partir das 17h30. A atividade contará com a participação de refugiados e migrantes e busca provocar a reflexão coletiva sobre as realidades vividas com a finalidade de ressignificar e humanizar o olhar, as abordagens e as políticas públicas que dizem respeito a tais populações. Inscreva-se.

Simpósio

O Simpósio “Refugiados e Migrantes no Rio de Janeiro: Como Acolher e Integrar?" acontece no dia 30 de outubro, a partir das 8h. Na primeira parte do encontro serão apresentados o contexto global do fenômeno migratório, a retrospectiva histórica, a política migratória e os desafios de sua implementação. Na segunda metade, será realizado um debate sobre as experiências locais na atenção a refugiados e migrantes. Inscreva-se.

Atividades temáticas

Ainda acontecerão, durante os três dias de evento, treze atividades temáticas, entre minicursos e oficinas. Os minicursos têm como objetivo a formação de pessoas que buscam aprimorar o conhecimento sobre a temática. Já as oficinas são direcionadas a quem atua na área e busca a construção de ações coletivas.

É possível se inscrever e participar de mais de uma atividade desde que os horários não coincidam. Confira abaixo os temas e a data de realização.

Para mais informações sobre a atividades, acesse o edital e a programação.

Realização

Todas as atividades fazem parte do projeto “Atuação em rede: capacitação dos atores envolvidos no acolhimento, na integração e na interiorização de refugiados e migrantes no Brasil”. Realizado pela Rede de Capacitação a Refugiados e Migrantes, o projeto já teve mais de três mil participações, e já passou por Belém (PA), Manaus (AM), São Paulo (SP), Boa Vista (RR), Porto Alegre (RS), Recife (PE), João Pessoa (PB), Curitiba (PR), Florianópolis (SC), Belo Horizonte (MG) e Campo Grande (MS). Está será a última etapa antes do Encontro Nacional, que acontecerá em Brasília, de 20 a 22 de novembro.

A Rede de Capacitação é composta pela Escola Superior do Ministério Público da União (ESMPU), a Procuradoria Federal dos Direitos do Cidadão (PFDC), o Ministério Público do Trabalho (MPT), o Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados (ACNUR), a Organização Internacional para as Migrações (OIM), a Conectas Direitos Humanos, o Instituto Migrações e Direitos Humanos (IMDH), a DPU, o Fundo de População das Nações Unidas (UNFPA), a Missão Paz e o Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF). Saiba mais sobre o projeto em http://escola.mpu.mp.br/h/rede.

Para a organização da edição no Rio de Janeiro, a Rede conta com o apoio das unidades do MPT, do Ministério Público Federal (MPF) e da Defensoria Pública da União (DPU) no Estado; da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos do Rio de Janeiro; e de instituições públicas e organizações não governamentais envolvidas no processo de atenção ao refugiado ou migrante.

Assessoria de Comunicação • Ministério Público do Trabalho no Rio de Janeiro (MPT-RJ)
(21) 3212-2121 • (21) 9 9423-7936
prt01.ascom@mpt.mp.br
prt1.mpt.mp.br | Twitter: @MPTRJOficial | Facebook: MPTRJ.Oficial

Imprimir

  • banner pcdlegal
  • banner abnt
  • banner corrupcao
  • banner mptambiental
  • AUDIN
  • banner transparencia
  • banner radio
  • banner trabalholegal
  • Portal de Direitos Coletivos